Seis passos para dormir em dois minutos, segundo uma técnica militar dos EUA

Uma em cada três pessoas sofre algum tipo de distúrbio do sono na Espanha, embora a mais comum seja a insônia. Segundo os dados da Organização do Observatório do Sono, o problema afeta entre 20% e 30% dos espanhóis. As estatísticas não são muito mais animadoras no Brasil. Segundo a Associação Brasileira do Sono (ABS), 73 milhões de brasileiros, ou 35%, tem problemas para dormir.

Entre os muitos métodos para lutar contra a dificuldade de adormecer, há poucos que atraem tanta atenção quanto adormecer em apenas dois minutos em qualquer situação. Vários jornais anglo-saxões o ecoaram as dicas descritas no livro Relax and Win: Championship Performance, de 1981, de Lloyd Bud Winter. O autor é um renomado treinador esportivo que preparou vários atletas olímpicos. Segundo o texto, a escola de pilotos do Exército dos EUA desenvolveu essa técnica para que eles pudessem descansar durante o dia ou a noite —96% dos pilotos conseguiram dormir com ela após seis semanas de prática. Para aqueles que têm dificuldade em adormecer, parece bom demais para ser verdade … e só há uma maneira de verificar se funciona: siga estes seis passos.

  1. A primeira coisa é se sentar na beirada da cama. A única luz que pode estar acesa é a da mesa de cabeceira e o celular deve ficar em silêncio.
  2. Então você tem que fazer alguns exercícios para relaxar os músculos faciais: imitando um sorriso, vamos esticá-lo o máximo que pudermos e então relaxá-lo, retornando à posição inicial.
  3. Quando sentirmos o rosto como se tivesse se esvaziado, relaxamos nossos ombros e braços, como se algo os estivesse derrubando.
  4. Enquanto isso, devemos respirar profundamente e nos concentrar em ouvir o som do ar enquanto inspiramos e expiramos. Começamos a relaxar os músculos de nossas pernas da mesma maneira que os braços, até que desmoronamos completamente.
  5. A ideia é deixar todo o corpo relaxado. Uma vez alcançado o objetivo, vamos colocar nossas mentes em branco por cerca de 10 segundos. É necessário deixar passar qualquer pensamento que vem à cabeça sem girar ao redor dele.
  6. O último passo é nos imaginarmos em uma dessas duas situações: a primeira é deitar numa canoa num lago e olhar o azul do céu. A segunda é nos imaginarmos em uma rede que balança lentamente.

Depois desses passos, diz Bud Winter em seu livro, conseguiremos dormir muito facilmente.